Autor Tópico: relato 2007-05-18 - Adeus cometa  (Lida 2650 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« em: Maio 21, 2007, 11:08:02 am »
"C/2007 E2 (Lovejoy)". Assim se chamava o alvo de todas as minhas intenções na passada noite de sexta-feira. "Lovejoy", o nome do "observatório"/observador que o descobriu, veio de um australiano, que munido de uma simples máquina fotográfica digital com uma objectiva 70-200mm o "viu" antes de toda a gente.
"E2", faz parte da nomenclatura de identificação dos cometas, e basicamente diz-nos que foi o 2º cometa descoberto no 5º "meio-mês" correspondente à letra 5º letra do alfabeto, "E", ou seja, entre 1 e 15 de Março.
"2007" é relativamente óbvio o que quer dizer..
Contudo, o "C" é o que mais me consterna..  Estaria lá um "P" (periodic) caso fosse um cometa periódico, com período de menos de 200 anos.. Mas, sendo este um "C" (Comet), obriga-me a uma despedida mais sentida.
(Para os interessados na forma oficial da designação de cometas, podem consulta-la aqui:http://cfa-www.harvard.edu/iau/lists/CometResolution.html )

No passado...

8) Vai já para mais de dois meses que encarei o desafio de fotografar um cometa com meios pouco exigentes, não menos modestos que uma montagem equatorial com motor no eixo de AR, um telescópio principal, e um telescópio guia.
Tentativas anteriores, fotografando-os como um normal objecto do céu profundo, mostraram-me cometas disformes e arrastados em fundo de estrelas bonitas e redondinhas. Os cometas ficam assim, pois eles mexem-se mais de pressa que as estrelas, e estando o telescópio seguindo à velocidade celeste, a olhá-las quietas, não acompanha o cometa.
Mais tarde, nova tentativa fiz eu de segui-los guiando manualmente.. Mas isso requer um cometa bem brilhante. Ainda para mais ele tem que ser visível no telescópio guia, que por norma é mais modesto que o telescópio para a fotografia. Consegui umas exposições demasiado curtas que não mostravam grande coisa..
Mas desta vez, a coisa ia ser diferente. :P

O alvo e a técnica

Conhecido o alvo e seu percurso, meio caminho estava feito. "C/2007 E2" entranhou-se-me na cabeça no fim de Março. Este nome é especial para mim pois trata-se do cometa mais veloz que a minha jovem curiosidade por estes objectos conhece. Lembro que este tipo chegou a voar 3 graus por dia (em relação ao céu atrás dele) quando passou mais perto de nós no fim de Abril..
Para aumentar o desafio, este não é um cometa muito brilhante, e nunca meti na cabeça que o iria conseguir ver através do meu telescópio guia de 60mm F/11.

Desta vez a coisa ia ser diferente, pois eu não ia guiar a exposição no cometa. Ia guiar manualmente, sim, mas numa estrela!
- Como faria eu isso?
Bom, se o cometa anda de Este para Oeste no céu, e eu fotografar fixo no céu, ele andará de Este para Oeste na fotografia! Se, em contrapartida, eu conseguir fixar o cometa na fotografia, as estrelas andarão de Oeste para Este, bem como uma estrela guia no retículo!
A ideia é simples, e contraria todas as regras de guiagem em céu profundo, em que se quer uma estrela guia sempre no mesmo sítio do retículo!
Sem entrar nos muitos detalhes que me ocuparam dois meses de preparação com uma folha de cálculo (em Excell), só teria que orientar o retículo com o movimento do cometa (ou das estrelas) e guiar a estrela guia ao longo do retículo, obrigando-a a fazer o percurso inverso do cometa às ordens de um cronómetro de telemóvel.

Relato

Mas vamos ao relato da observação, que já se faz tarde:

Eram já 22:00, hora local, quando tardiamente comecei a arrastar o equipamento para a rua. A noite estava pouco transparente, com sérias ameaças de nuvens altas em fase de concretização. Sem que eu esperasse, umas brisas ocasionais vieram a tornar-se curiosos aliados no alinhamento polar! Dado que escolhi um local mais abrigado do vento, a estrela polar ficou tapada por um pinheiro, e era graças ao vento que o pinheiro se vergava, mostrando-me ocasionalmente a estrela polar para que eu conseguisse alinhar a minha montagem. Aproveito para agradecer a estes dois por esta cortesia! :)

De montagem alinhada, e equilibrada, certifiquei-me que ainda me lembrava como manipular os círculos graduados, apontado o telescópio para estrelas conhecidas na zona: parti da Pherkad, Gama Umi, na ponta da Ursa Menor, e cheguei à 13 Theta Dra, a estrela mais distante da anterior na constelação do Estádio do Campeão 2007. (Sim, eu sei, eu queria ter fotografado o cometa no final de Abril quando ele passou -- bem mais brilhante, diga-se -- pela constelação da Águia :P)

Comecei, então perto das 23:30 -- já com as coordenadas do alvo a ditar a posição do telescópio -- a consultar os meus cálculos para saber qual o ângulo com que o cometa estaria cruzar os céus. Esse ângulo foi o mesmo que eu rodei o meu retículo iluminado de guia. O meu retículo tem graduações de 10 em 10 graus, e rodar o retículo em relação ao Norte é uma operação fácil de fazer: basta mover o telescópio em Declinação, e fazer com que a estrela atravesse na mesma passagem o centro do retículo e a marca do ângulo pretendido. 65,6º era o que eu pretendia, mas arredondei para 65!
Treinei por uns instantes a guiagem, para me aperceber que as direcções estariam correctas e lá me atirei à aventura nunca antes experimentada por mim de guiar uma estrela em movimento :)
Já sabia que a cada 110 segundos, a estrela deveria percorrer meia unidade do retículo (4,94 segundos-de-arco de céu) e foi só certificar-me disso, corrigindo nos manípulos e carregando nos botões correspondentes. Aquele facto tão assustador, de o cometa ser o mais veloz que conhecia, na realidade veio a tornar-se a maior vantagem no meu retículo, já que se fosse muito mais lento, mais difícil seria para mim estimar a sua posição no retículo. :P

Outros mundos..

Fiquei entretido nisto até às 3:00 da manhã, altura em que o vento se tornou muito incomodativo. Abortei a 5ª fotografia em virtude do vento.
Ainda assim, optei por mais uns instantes ficar a observar Júpiter, brilhante, rodeado das suas dançarinas favoritas, Io, Callisto, Ganymedes, Europa.. Infelizmente o vento tornou-se forte, e correu comigo dali.
Enquanto eu tinha estado a admirar os satélites de Júpiter, quase que me parecia ver-lhe movimento.. E quase que aposto que as luas giravam em terno de Júpiter empurradas pelo mesmo vento que me empurrou dali para fora.. :(
O meu tão gentil aliado no alinhamento da montagem ficou irritado com a minha presença, quem sabe talvez por eu não lhe ter tirado uma foto?

Mas consegui tirar algumas fotografias de entre 8 a 16 minutos de exposição.. Infelizmente, são fotografias de rolo, e agora tenho que acabar o rolo antes de mandar revelar. Por isso vou ter que ir impacientemente tirar umas fotografias de dia algures, para ver se completo esta descrição com uma fotografia do cometa. ;)

Portanto, aqui fica a dúvida... Será que com o afastamento do C/2007 E2 (Lovejoy) e com o facto de eu não conseguir voltar para junto do meu equipamento (sem Lua cheia) até ao verão, esta terá sido a última oportunidade de o fotografar bem desta forma? será que a aproveitei bem? Ai fotografias, revelem-se depressa, sff !! :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA

Offline Astrolupa

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Amador
  • *****
  • Mensagens: 998
  • Karma: +2/-0
    • Ver Perfil
    • http://www.astrosurf.com/nviegas
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #1 em: Maio 21, 2007, 09:57:04 pm »
Ena mr. Fil! isto é um relato e tanto!  :shock: Espero sinceramente que essa maluca dessa técnica tenha excelentes resultados. Apetecia-me ver um bonito cometa pra ver se me incentiva a sair de casa.  :lol:
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Cumprimentos,
Nelson Viegas
GOAAA

Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #1 em: Maio 21, 2007, 09:57:04 pm »

Offline joao marum

  • Astro-Principiante
  • ***
  • Mensagens: 388
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #2 em: Maio 21, 2007, 11:54:27 pm »
Belo relato Mr Fil.
Eu por aqui ainda o procurei uma destas noites, mas sem sucesso, embora provavelmente possa ter falhado a sua localizacao visto que tenho andado sem o starry night.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
------------------
João Marum
GOAAA

Offline xumaxer

  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1217
  • Karma: +1/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #3 em: Maio 22, 2007, 12:11:38 pm »
Fiquei cheio de curiosidade de ver o resultado desta aventura. :geek:
Espero sinceramente que o resultado seja tão espectacular como a odisseia da sua preparação e execução.  :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Cumps ;)

JC
xumaxer
_____________________
"Nunca vi tão bem; a noite é bela; o meu telescópio é o melhor do mundo" William Herschel in Telescópios (2004)

http://myskyatnight.

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #4 em: Maio 22, 2007, 02:41:31 pm »
Obrigado a todos pelos comentários..
Realmente também estou muito curioso em ver o que daqui vai sair.. No próximo fim-de-semana acabo o rolo, e na 2ª feira revelo isto. Nessa altura publico o resultado, e depois durante a semana escrevo qualquer coisa mais descritiva sobre o assunto e as contas que fiz. :)
Até lá, vou esperar que as minhas unhas aguentem tanta roidela! :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #5 em: Maio 29, 2007, 01:17:53 am »
Bom, Cacei-o! Cá está ele, ali no meio, não para quieto..
Mais detalhes ficam para amanhã, porque já me devia ter deitado...



Não sei é porque o gif animado fica assim tão rápido, porque aqui no meu disco fica decente.. :(
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Offline João Clérigo

  • Administrador
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1698
  • Karma: +1/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #6 em: Maio 29, 2007, 10:39:08 am »
Nao vejo aqui a imagem :(
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Cumprimentos,
João Clérigo

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #7 em: Maio 29, 2007, 01:14:47 pm »
Citação de: "Fil"
Não sei é porque o gif animado fica assim tão rápido, porque aqui no meu disco fica decente.. :(

Realmente é mt rápido... tão rápido q nem se vê :-D
Há qq coisa q não está bem. Não é problema de má colocação do link e das tags. Talvez seja mm da galeria... :?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline João Clérigo

  • Administrador
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1698
  • Karma: +1/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #8 em: Maio 29, 2007, 02:30:18 pm »
Link estava incorrecto, corrigido.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Cumprimentos,
João Clérigo

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #9 em: Maio 29, 2007, 02:53:17 pm »
Estava a morrer de sono!.. se foi falha minha, peço desculpa! Além disso, andei a inserir a imagem duas vezes, e apagar outra, vai na volta foi disso..
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #10 em: Maio 29, 2007, 04:54:49 pm »
A propósito da pergunta do Miguel Lopes, explico aqui mais uns detalhes.. A fotografia resultante foi esta:

Citação de: "Miguel Lopes"
(...) podias explicar como mantinhas a velocidade da estrela guia? Ajustes de quantos em quantos segundos?
Sabendo a velocidade do cometa, e sabendo qual a medida no céu que corresponde a cada unidade do meu retículo (uns princípios de astrometria) dá para calcular em que instantes de tempo a estrela teria que estar lá. Se o movimento da estrela tivesse sido maravilhosamente contínuo e suave ao longo do retículo :) as estrelas formariam uma linha "bonita"; mas dá para notar na imagem uns tracejados que indicam que houve soluços na guiagem.. ou seja alturas em que a estrela esteve "parada" durante tempo de mais, em vez de ir andando no retículo..
Desculpa lá, mas vou acabar de responder a esta questão http://junto do sítio onde ando a descrever o processo

No meu caso calculei tempos para posições a cada meia unidade do retículo, que ficavam a 110 segundos de distância.. Ou seja, a cada 110 segundos eu tinha uma posição onde queria deixar a estrela.
110 segundos é 1:50. Por coincidência espantosa, é aproximadamente o mesmo tempo que eu demoro a fazer uma conta de cabeça de somar 1:50 ao tempo que já passou, mantendo a concentração necessária para guiar a estrela no retículo e entretanto ir olhando para o relógio a ver quanto tempo já passou :)
Pronto, como é óbvio, a minha primeira tentativa deu barraca e eu comecei a andar a 1:50 a cada unidade.. enfim, baralhei-me.. Mas à segunda já funcionou..  Esta imagem de 16:30 foi a 3ª tentativa. (ainda só digitalizei a 3ª e 4ª tentativas, por serem as mais longas, mas que mesmo assim ficaram muito escuras: 16:30 e 12:50, respectivamente)

Pensamentos de planeamento mais avançados podem ser o de arranjar barlows convenientes para que cada unidade do retículo ocupe menos céu e assim seja percorrida mais rapidamente, facilitando uma estimativa da posição da estrela com o tempo. Ou seja ganha-se resolução temporal na posição da estrela. Mas fazer isto faz com que a estrela possa percorrer o retículo todo durante o tempo de exposição, pelo que o "campo" da ocular, ou do retículo, tem que ser tido em conta dependendo da duração da exposição.. Não convém começar a guiar e ficar-se sem retículo a meio :)

Isto não me chateou, porque o meu retículo tem uns 32 tracinhos, e eu só cheguei a usar 16:30 / (1:50 *2) = 4,5 tracinhos, para a exposição de 16:30! Com o meu set-up, (ignorando o facto que o meu retículo pode ser deslocado na ocular) tenho retículo para 117 minutos e 20 segundos :)

Eu estava era cheio de medo que o ângulo que rodei o retículo não fosse a quantidade exacta, para conseguir uma "exposição longa" boa. Era suposto ser um ângulo de 65,6º que eu arredondei para "entre 60 e 70", porque só tenho resolução a cada 10 graus de rotação.
Um erro no ângulo tem um efeito linearmente proporcional à duração da exposição, enquanto que falhas na posição da estrela ao longo do retículo já não, uma vez que há sempre uma altura estipulada para cada posição.
Por exemplo, se eu me enganasse por 2 graus, e se cada unidade do retículo tem 9.88 segundos de arco de céu, ao fim de 4,5 retículos (16:30), eu ia ter um erro na posição do cometa de 4,5 * 9.88 * sen(2º) = 1,55 segundos de arco.  Só agora é que fiz as contas, só agora é que me apercebi que não devia ter tido tanto medo, porque é muito inferior ao erro que eu possa ter com um retículo com 9.88 segundos de arco em cada unidade.. mas agora para o próximo ( C/2006 VZ13 (LINEAR) em Julho) já sei :)
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #11 em: Maio 30, 2007, 01:07:49 am »

Andei a brincar a ver se conseguia sacar detalhes.... Aquilo é a cauda ou apenas ruído?
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #12 em: Maio 31, 2007, 10:37:58 am »
waw :o ..
Digamos que "não sei, mas é bem provável"
A cauda sei que estava orientada de Norte para Sul, portanto faz sentido.. Queres que te dê um crop à resolução máxima e sem processamento dessa zona para brincares mais um bocadinho? :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
Fil.
GOAAA

Offline Miguel Lopes

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1810
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #13 em: Maio 31, 2007, 10:59:14 am »
Manda! Parte do problema era a compressão jpeg. Se conseguires mandar um tiff 16bits, sem o círculo, só daquela zona, era excelente.
Está no limite de processamento. Confunde-se muito com o ruído de fundo. Comecei a remover o ruído mais para ver se estava muito pontual. E de repente aquela "cauda" apareceu à volta do núcleo, que realmente parece um ponto. Pode ser ruído de fundo, mas se for é muita coincidência. Se mandares uma imagem de maior qualidade acho que dá para tirar a dúvida. Se conseguisses digitalizar novamente, aumentando o ganho propositadamente seria ainda melhor. Nem que sature noutros pontos.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guest »
"a astrologia é a ciência dos ignorantes, a astronomia é a dos que se sentem ignorantes" - Miguel Lopes

Re: relato 2007-05-18 - Adeus cometa
« Responder #13 em: Maio 31, 2007, 10:59:14 am »