Sistema Solar => Exploração Espacial => Tópico iniciado por: PauloSantos em Junho 01, 2006, 09:16:44 pm

Título: Sonda japonesa descobre composição de asteróide.
Enviado por: PauloSantos em Junho 01, 2006, 09:16:44 pm
O pequeno asteróide "Itokawa" surgiu provavelmente da desintegração de um planeta e sua composição é similar à dos meteoritos que caíram sobre a Terra no passado remoto, segundo artigo publicado hoje pela revista "Science".

Os componentes do asteróide, principalmente os minerais peridoto e piroxênio, foram descobertos pelo espectrômetro infravermelho da sonda "Hayabush", lançada pela Agência de Prospecção Aeroespacial Japonesa em 2003.

A nave, que se aproximou por duas vezes do asteróide para coletar amostras, se reaproximará da Terra em 2010, quando se desprenderá de um contêiner e reingressará na atmosfera, caindo na região central da Austrália.

O "Itokawa" é formado por escombros rochosos que se estendem sobre uma superfície de aproximadamente meio quilômetro. O asteróide viaja em torno do Sol a mais de 516 milhões de quilômetros da Terra.

De acordo com as teorias mais bem conceituadas pelos astrônomos, os asteróides como o "Itokawa", assim como os cometas, guardam em sua composição geológica as marcas da criação do Sistema Solar.

Segundo Daniel Scheeres, professor de engenharia aeroespacial da Universidade de Michigan e parte da equipe que descobriu a composição do asteróide, a confirmação de que se trata de um conjunto de escombros e de que não de uma só rocha tem importantes implicações para as teorias sobre a formação dos asteróides.

A descoberta também ajudará a compreender os primeiros tempos do desenvolvimento do Sistema Solar.

"A análise das mostras do asteróide nos dará uma visão do Sistema Solar e nos proporcionará valiosas pistas sobre a forma como se formaram os planetas", afirmou.

Fonte: Agência EFE in Yahoo News