Autor Tópico: Astrocadeira  (Lida 2251 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline joaorrpinto

  • Astro-Amador
  • ****
  • Mensagens: 522
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astrofotografia & Fotografia
Astrocadeira
« em: Outubro 28, 2006, 09:24:57 pm »
Boas!
Andava eu a ver a galeria da gem51 e olhem só o que encontrei!
Uma astrocadeira! Admirem só este engenho: :shock:

Jaclerigo, essa cadeira inda existe???

Cumps.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por rapidix »
Castelo Branco - Penamacor
Latitude:40.167
Longitude:-7.167
Altitude:494 m


Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #1 em: Outubro 28, 2006, 10:31:48 pm »
Ena.. Será esta a famosa "cadeira" do Fernando Correia?
É uma cadeira equatorial com seguimento celeste? ou é só altazimutal? Para Equatorial, falta-lhe um sinto de segurança! :)
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #2 em: Outubro 29, 2006, 01:10:24 am »
eheheh
Por acaso já tinha visto esta foto 8)
Mas vale sempre a pena rever pq é de facto um artigo no minimo curioso :wink:
Cumps
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline joao marum

  • Astro-Principiante
  • ***
  • Mensagens: 388
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #3 em: Outubro 29, 2006, 09:01:04 am »
Qual será o erro periódico disso? :mrgreen:
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por joao marum »
------------------
João Marum
GOAAA

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #4 em: Outubro 29, 2006, 10:57:48 am »
Citação de: "joao marum"
Qual será o erro periódico disso? :mrgreen:
:D hehehe!
Mas já agora.. Com uns modestamente exagerados binóculos 12x50, e fazendo as contas a uma resolução do olho humano de 0,3 minutos de arco (18 segundos-de-arco), 18 / 12 = 1,5 segundos de arco corresponderiam ao menor ângulo de céu que o olho conseguiria distinguir. Portanto, se o olho humano fosse uma película fotográfica, que fosse sensível a uma mudança de posição da estrela durante todo o período de rotação do parafuso-sem-fim (responsável pelo erro periódico (EP)) então o EP (medido da maneira convencional) teria que ser menor que 1,5/2 segundos de arco para cada lado.
De qualquer maneira, o que interessa para o olho humano não é considerar o movimento durante o período de uma rotação completa do sem-fim, mas sim o movimento durante "pouco tempo". basta só que "num segundo" a cadeira não fuja mais que 1,5 segundos de arco, pelo que se a roda dentada tiver 144 dentes (o sem-fim dá uma volta a cada 10 minutos) o EP pode ser perfeitamente 900 segundos de arco, que é bom na mesma :)
900 segundo-de-arco são 15 minutos de arco; se a roda dentada com 144 dentes tiver um diâmetro de 100 mm e se for perfeita, então o sem-fim terá que ser fabricado com uma tolerância de radianos(15/2/60)x100 mm = 0,22mm Ou seja, qualquer azelha que faça um sem-fim com uma tolerância de 2 décimos de milímetro consegue fazer um sem-fim adequado para uma cadeira destas :)

Concluindo, o EP é "baixo o suficiente" de certeza :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA

Anonymous

  • Visitante
(sem assunto)
« Responder #5 em: Outubro 29, 2006, 11:03:39 am »
Não deixa mesmo de ser uma cadeira um tanto curiosa!E boa para astroamadores preguiçosos :twisted: !

Céus Limpos
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Anonymous »

Offline João Clérigo

  • Administrador
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1694
  • Karma: +1/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
Re: Astrocadeira
« Responder #6 em: Outubro 29, 2006, 12:32:57 pm »
Citação de: "rapidix"
Jaclerigo, essa cadeira inda existe???Cumps.


Sinceramente não sei... mas creio que sim... espero que sim... a última "versão" que vi até tinha uns óculos tipo 3D ligados a um PC que mostrava o céu, para uso em dias nublados. ;)
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por jaclerigo »
Cumprimentos,
João Clérigo

Offline joaorrpinto

  • Astro-Amador
  • ****
  • Mensagens: 522
  • Karma: +0/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • Astrofotografia & Fotografia
(sem assunto)
« Responder #7 em: Outubro 29, 2006, 12:36:22 pm »
Citar
a última "versão" que vi até tinha uns óculos tipo 3D ligados a um PC que mostrava o céu, para uso em dias nublados.

Excelente!!!
O pior era se chovesse...  :twisted:

Cumps.
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por rapidix »
Castelo Branco - Penamacor
Latitude:40.167
Longitude:-7.167
Altitude:494 m


Anonymous

  • Visitante
(sem assunto)
« Responder #8 em: Outubro 29, 2006, 01:09:17 pm »
Citação de: "rapidix"
Citar
a última "versão" que vi até tinha uns óculos tipo 3D ligados a um PC que mostrava o céu, para uso em dias nublados.
Excelente!!!
O pior era se chovesse...  :twisted:

Cumps.


É para isso que existem guarda chuvas!! :twisted:  :twisted: !Devia haver mas é uma bateria incluida!Pra se poder ouvir musica;aquecer-nos;ect.!


Céus Limpos
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Anonymous »

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Re: Astrocadeira
« Responder #9 em: Outubro 29, 2006, 01:27:13 pm »
Citação de: "jaclerigo"
Citação de: "rapidix"
Jaclerigo, essa cadeira inda existe???Cumps.

Sinceramente não sei... mas creio que sim... espero que sim... a última "versão" que vi até tinha uns óculos tipo 3D ligados a um PC que mostrava o céu, para uso em dias nublados. ;)

Ui... Isso então seria um must :D
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline Guilherme de Almeida

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Principiante
  • *****
  • Mensagens: 316
  • Karma: +6/-0
  • Sexo: Masculino
    • Ver Perfil
    • artigosediversos
(sem assunto)
« Responder #10 em: Outubro 29, 2006, 02:57:58 pm »
Fil Escreveu ...
Citação:
Mas já agora.. Com uns modestamente exagerados binóculos 12x50, e fazendo as contas a uma resolução do olho humano de 0,3 minutos de arco (18 segundos-de-arco), 18 / 12 = 1,5 segundos de arco corresponderiam ao menor ângulo de céu que o olho conseguiria distinguir. Portanto, se o olho humano fosse uma película fotográfica, que fosse sensível a uma mudança de posição da estrela durante todo o período de rotação do parafuso-sem-fim (responsável pelo erro periódico (EP)) então o EP (medido da maneira convencional) teria que ser menor que 1,5/2 segundos de arco para cada lado ( ... ).

__________
Nota de Guilherme de Almeida
Olá,
Trata-se de um curioso e interessante exercício de cálculo, o que é sempre de valorizar. Mas é preciso partir de dados realistas.
Sem pretender com isto ferir susceptibilidades, há no texto anterior (citado) algumas concepções que não são realistas. Há algo a "especificar". Digo "especificar" para não estar a dizer "corrigir". Analisaremos seguidamente a natureza do problema.

1. De facto o olho humano não resolve 0,3 minutos de arco. E muito menos na observação do céu nocturno. Nas condições de observação do céu, o olho raramente resolve ângulos inferiores a 2 minutos de arco; em geral, o poder separador do olho, perante o céu,  será da ordem de 3 a 4 minutos de arco.

2. Em condições laboratoriais controladas, e com alvos de alto contraste, bem iluminados, algumas pessoas dotadas de visão absolutamente excepcional poderão resolver 0,5 minuto de arco, mas isso é raríssimo. É claro que estas condições favoráveis configuram uma situação muito diferente da que se tem ao olhar para o céu nocturno.
Em situações de alto contraste, na observação de fios esticados ou de traços, o olho consegue fazer ainda melhor, pelo facto de a descriminação envolver (fazer uso de) mais células retinianas, mas esse não é o caso da observação do céu nocturno a olho nu, nem sequer com binóculos.

3. Quando o contraste baixa, o poder resolvente do olho piora. Quando a iluminação é fraca e a pupila do olho tem de abrir mais, as aberrações ópticas residuais do olho são muito maiores e o olho só resolve ângulos muito maiores.  
Convém referir que o olho só pode ser considerado como um instrumento óptico quase perfeito quando a pupila do olho mede 0,7 mm a 1 mm. Isso pode ser explorado quando se utilizam telescópios, em que a pupila de saída pode ser muito pequena; nesse caso, apesar de  a pupila do olho medir até 7 mm, a parte utilizada pode medir menos de 1 mm de diâmetro.  A olho nu isso nunca acontece. De dia, a pupila não contrai para menos de 2 mm. De noite, olhando para o céu, raramente medirá menos de 4,5 mm, pelo que, assim, o olho só resolve ângulos bem superiores a 2 minutos de arco.

4. Na visão escotópica, ou seja, na visão nocturna (com bastonetes), pior ainda: nos limites da visão nas observações do céu profundo (nebulosas de baixo contraste em relação ao céu), o olho raramente resolve ângulos menores do que 15 minutos de arco!. Por duas razões:
1- porque a pupila  do olho está nessas condições com grande abertura; 2- porque a visão com bastonetes é menos fina do que a visão com cones (equivale a usar uma câmara digital que tivesse píxeis maiores).

Por todas estas razões, no texto agora citado será mais realista partir de um poder separador "nativo" do olho igual a 3 minutos de arco em vez de 0,3 minutos de arco.  Por isso, auxiliado por um binóculo de 12x (que seja bom) o olho resolverá 3'/12=180"/12=15 segundos de arco. Isto é um resultado realista, ainda na faixa de um ligeiro optimismo.

Boas observações
Guilherme de Almeida
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Guilherme de Almeida »
Guilherme de Almeida

Offline Fil

  • Moderador Global
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 2621
  • Karma: +5/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #11 em: Outubro 30, 2006, 09:58:58 am »
Obrigado Guilherme,
Eu efectivamente fui buscar a informação ao Google às cegas, e agarrei o primeiro valor minimamente plausível que encontrei, porque estava mais entusiasmado era em fazer as contas :)
Mas realmente, confesso que nem me passou pela cabeça pensar no caso do céu escuro.. Não me lembrei que o caso era diferente!

Gostei muito da sua explicação, que me ajudou a interiorizar melhor por que se vê pior à noite!

Abraço,
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por Fil »
Fil.
GOAAA