Autor Tópico: Nasa anuncia hoje a empresa que vai construir novas naves.  (Lida 701 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
Nasa anuncia hoje a empresa que vai construir novas naves.
« em: Agosto 31, 2006, 02:39:41 pm »
Os Estados Unidos começam hoje a próxima etapa das viagens espaciais, ao anunciar a empresa que vai projectar e construir naves destinadas a levar homens à Lua.

A Lockheed Martin e uma parceria entre a Northrop Grumman e a Boeing disputam o contrato, que deve render mais de 18 bilhões de dólares nos próximos dez anos.

"Estamos ansiosos por termos a empresa contratada a bordo conosco conforme continuamos a nossa jornada pela exploração", disse o gerente de projeto Skip Hatfield.

As novas naves, baptizadas de Orion, vão substituir os três vaivéns espaciais restantes, que serão aposentados em 2010, depois de concluírem a construção da Estação Espacial Internacional.

Após dois acidentes fatais com os vaivéns, em 1986 e 2003, a Nasa está a abandonar essas naves aladas e reutilizáveis, em favor das cápsulas espaciais que levaram os primeiros norte-americanos para a órbita e depois para a Lua. Rússia e China também usam cápsulas espaciais.

O resultado da concorrência será anunciado na tarde de hoje em Washington. O contrato abrange o projeto, a produção, os testes de protótipos e a construção de até quatro naves.

Os vôos de testes estão previstos para ocorrerem num prazo de seis a oito anos. Duas versões estão previstas, para carga e para tripulantes.

Inicialmente, a Orion viajará à Estação Espacial Internacional, complementando as tarefas da russa Soyuz. Até 2020, a Nasa pretende levar astronautas à Lua pela primeira vez desde 1972, o que deve custar mais de 100 bilhões de dólares. Após construir um posto avançado na Lua, a idéia é enviar astronautas para Marte.

O chamado Projeto Constellation leva o programa espacial tripulado dos EUA além dos vôos orbitais feitos pelos vaivéns. Ele foi criado em 2003, depois do acidente com o Columbia, quando ficou claro que os vaivéns estavam com os anos contados.

Mas críticos e assessores do governo manifestaram dúvidas, especialmente a respeito do pagamento de bilhões de dólares na construção de novas naves antes que os riscos técnicos e financeiros sejam plenamente avaliados.

Um relatório parlamentar divulgado no mês passado sugeriu que a Nasa limitasse o contrato do Orion "às atividades necessárias para completar a revisão preliminar do projeto".

Não se sabe ainda, por exemplo, se empresas recém-criadas poderiam assumir o transporte de tripulantes e cargas para a estação espacial.

Neste mês, a Nasa anunciou um contrato de 500 milhões de dólares para que duas empresas desenvolvam e testem em vôo veículos espaciais projetos no âmbito privado, na esperança de que isso represente uma economia no transporte para a estação espacial.

Mas, como há apenas duas missões lunares programadas por ano, cada uma necessitando de um par de naves Orion, o transporte comercial para a estação competiria directamente com a empresa que for selecionada para construir a próxima geração de naves da Nasa.

Fonte: Agência Reuters in Yahoo News
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m

Offline PauloSantos

  • Grupo Galáctico
  • Astro-Avançado
  • *****
  • Mensagens: 1541
  • Karma: +0/-0
    • Ver Perfil
(sem assunto)
« Responder #1 em: Setembro 01, 2006, 01:03:13 pm »
A empresa aeronáutica Lockheed Martin projectará, desenvolverá e construirá a nova geração de naves espaciais, designadas sob a nomenclatura genérica de Orion.

A Lockheed Martin firmou um contrato, que totalizará US$ 18 bilhões na próxima década, e superou na disputa a gigante aeronáutica Boeing, informou a Nasa em comunicado.

As naves Orion serão similares em desenho às cápsulas Apolo, que foram o eixo da prospecção espacial dos EUA na década de 1970.

Mas serão muito maiores e versáteis, com capacidade para levar seis ocupantes, o dobro de suas antecessoras.

O primeiro lançamento de uma Orion com tripulantes a bordo está previsto para ocorrer em 2014, segundo a "spaceref", uma página de internet especializada.

Fonte: Agência EFE in Yahoo News
« Última modificação: Janeiro 01, 1970, 01:00:00 am por PauloSantos »
Paços de Brandão/Stª Mª Feira

Latitude 40º 58\' 01"
Longitude -8º 34\' 59"
Altura 138m