Astronomia > Diversos

[Software] - estrelas G2V no Cartes du Ciel

(1/1)

Fil:
Viva,

Não sei se conhecem o Cartes du Ciel, mas é um software de planetário gratuito, não muito "fluido", e algo semelhante a um programa de CAD (cheio de menus e botões, com atalhos de teclas pouco óbvios, curva de aprendizagem grande, não muito bem documentado, e alguns problemas de interface).. Ainda assim é o que eu uso para pensar no que vou fazer à noite..
Ora não há-de tardar muito para eu ter a necessidade saber o que deve ser considerado "branco" numa fotografia.. Uma forma de fazer isto é encontrar estrelinhas "brancas", ou de referência. Essas estrelas, que iluminando uma coisa branca mostram o mesmo "branco" - com aroma a Lavanda - que uma coisa branca iluminada pelo nosso Sol, têm obviamente o mesmo tipo espectral que o Sol! ou seja, sao estrelas G2V (Gê-Dois-Vê, embora o Vê seja na realidade um 5 romano)
"Gê" denomina a classe espectral do "aproximadamente branco", das estrelas lavadas com lixívia.. o "2" tem a ver com o facto de ser mais avermelhado que o "0" e menos encardido que o "9"..  O "V" pertence a uma outra classificação que já não está tão relacionada com a temperatura da superfície da estrela, mas está antes relacionada com a luminosidade dela.
Quem quiser saber onde estas estrelas G2V estão no céu, pode encontrar uma lista delas, ordenada pelas coordenadas de AR, na página da Gemini Hipparcos G2V Spectroscopic Standard Stars.

Bom, mas isto tudo para dizer, que o Cartes du Ciel não tem um catálogo específico para elas.. O que dava jeito era ter estas estrelas assinaladas, ou uma forma de conseguirmos vê-las sozinhas.
Isto motivou-me para passar as coordenadas acima mencionadas para um catálogo no Cartes du Ciel, e foi isso que fiz. Se por acaso alguém estiver interessado nele podem descarregá-lo daqui: g2vcatalog.zip (22KB). O ficheiro tem lá dentro (dentro da directoria G2V) um ficheiro readme.txt com instruções para carregar o catálogo no Cartes du Ciel.

Ver as estrelas no mapa, permite desconfiar de umas coisas! Há mais estrelas destas identificadas no Hemisfério Sul do que no Hemisfério Norte :P

Miguel Lopes:

--- Citação de: "Fil" ---Ora não há-de tardar muito para eu ter a necessidade saber o que deve ser considerado "branco" numa fotografia..
--- Fim de Citação ---
Jac, ele está a falar dos filtros  :-D

Por acaso... qual é o software/software + pacote com maior catálogo de estrelas? Às vezes ando à procura de um objecto com o CCD e tento reconhecer o padrão das estrelas e não tenho estrelas suficientes no software para descobrir aonde estou...

Fil:
Bom, não sei.. Talvez o TheSky (pago) seja o que traz a papinha toda feita.. No caso do Cartes du Ciel, ele vem com muito pouca coisa, embora estaj preparado para ter os catálogos que se quiser, mas tem na página links para os catálogos.
Se se quiser em CD, provavelmente os catálogos já vêm lá.
O problema é que a dada altura, os catálogos (os de estrelas pelo menos) começam a ser grandes.. Salvo erro o USNO-2B (U.S. Naval Observatory)tem para aí 2 GB.. só em estrelas até magnitude 16, penso..
Mas os outros mais pequenos costumam estar disponíveis na internet. É questão de os encontrarmos.
Os catálogos de objectos, pelo que percebi, não são coisas "privadas". Embora cada programa possa ter o seu formato proprietário para os guardar. Mas parece-me que os há disponíveis publicamente.

João Clérigo:
Novo link para o software: http://www.ap-i.net/skychart/

Emanuel:
Excelente João! Informação valiosa!  :D

Navegação

[0] Índice de mensagens

Ir para versão completa